Postagens

ZIMBABWE: CRIANÇAS "SACRIFICAM SAÚDE E EDUCAÇÃO" PARA TRABALHAR EM PLANTAÇÕES DE TABACO

Imagem


Um relatório novo da organização Human Rights Watch (HRW) revelou que há crianças com apenas 11 anos a trabalhar em condições perigosas nas plantações de tabaco do Zimbabwe, realizando tarefas que ameaçam a sua saúde e segurança ou interferem com a sua educação. 

As crianças estão expostas a pesticidas tóxicos e à nicotina e muitas exibem sintomas – como náuseas e vómitos – consistentes com o envenenamento agudo por nicotina, que ocorre quando a nicotina é absorvida pela pele durante o manuseamento do tabaco. 

Davidzo, de 15 anos, foi uma das 125 pessoas entrevistadas pela equipa da HRW. “No primeiro dia em que comecei a trabalhar com o tabaco, vomitei”, disse, explicando que se sentia especialmente doente quando carregava as folhas de tabaco. “Comecei a sentir-me como se estivesse a rodar. Desde que comecei este [trabalho], tenho sempre dores de cabeça e tonturas.” 
Os efeitos a longo prazo da intoxic…

AS CONDIÇÕES DE TRABALHO DE QUEM EXTRAI OS MINERAIS RAROS PARA O SEU IPHONE

Imagem

Num canto esquecido da República Democrática do Congo, perto da fronteira da Ruanda, Uganda e Burundi, é possível encontrar-se o mineral raro que permite que os iPhones, smartphones e outros gadgets funcionem.
Para que este mineral raro – a columbite-tantalita ou coltan – chegue até aos fabricantes do iPhone ou do Samsung Galaxy, tem de ser extraído por mineiros que trabalham em péssimas condições, em minas controladas, quase sempre, por milícias, em zonas de conflito.
Roland Hoskins, do Daily Mail, fotografou centenas de trabalhadores na mina de Luwow num local que faz lembrar a corrida ao ouro do século XIX e que tem jornadas de trabalho diárias de 12 horas.
As condições de trabalho têm sido muito criticadas: um salário de 2,7€ por dia para cada trabalhador, incluindo crianças de 10 anos.
A columbite-tantalita é colocada em sacos de arroz forrados de plástico que são carregados aos ombros ou nas cabeças até uma …

AS 7 MARCAS DE CHOCOLATE QUE UTILIZAM TRABALHO ESCRAVO INFANTIL: TRABALHO INFANTIL NAS FAZENDAS DA NESTLÉ,GIGANTE DO CHOCOLATE CONTINUAM

Imagem
Em setembro de 2015, foi apresentada uma ação judicialcontra a Mars, a Nestlé e a Hershey alegando que estas estavam a enganar os consumidores que "sem querer" estavam a financiar o negócio do trabalho escravo infantil do chocolate na África Ocidental.
Crianças entre os 11 e os 16 anos (por vezes até mais novas) são fechadas em plantações isoladas, onde trabalham de 80 a 100 horas por semana. O documentárioSlavery: A Global Investigation (Escravidão: Uma Investigação Global) entrevistou crianças que foram libertadas, que contaram que frequentemente lhes davam murros e lhes batiam com cintos e chicotes."Os espancamentos eram uma parte da minha vida", contou Aly Diabate, uma destas crianças libertadas. "Sempre que te carregavam com sacos [de grãos de cacau] e caías enquanto os transportavas, ninguém te ajudava. Em vez disso, batiam-te e batiam-te até que te levantasses de novo."

Em 2001, a FDA quer…

UM PARAÍSO CHAMADO SHANGRI-LA,GUILIN NA CHINA

Imagem
UM PARAÍSO CHAMADO SHANGRI-LA,GUILIN NO SUL DA CHINA

Localização: na estrada Guilin-Yangshuo (a 49 km de Guilin, a 16 km de Yangshuo), no condado de Yangshuo, na cidade de Guilin, na região autônoma de Guangxi Zhuang (também conhecida como Província de Guangxi). Horário: 8: 30-17: 30 Como chegar: Se você partir de Guilin, pegue um ônibus para Yangshuo na praça da Guilin Railway Station e desça no ponto cênico de Shangri-La, perto de Baisha. Cidade de Yangshuo County - leva cerca de 1 hora. Se você partir de Yangshuo, pegue um ônibus na saída da Estação Rodoviária de Yangshuo e desça no local - assim, leva cerca de 20 minutos. Sinais irá ajudá-lo a encontrar o lugar sem problemas.Por favor, observe que os ônibus de translado nas estações de ônibus de Guilin e Yangshuo NÃO param no caminho. Melhor época para visitar: o ano todo
Uma pesquisa mítica para o paraíso na área de Guilin-Yangshuo
Todo mundo já ouviu falar sobre o nome "Shangri-La" pelo menos uma vez na vida. Se não, então…