SALVAR OS GORILAS,UM GORILA DE CADA VEZ

Gorilla Doctors
Bebé gorila Kalonge com o seu tratador Babo
Fotografia: Marcus Westberg / Barcroft Media


Salvar os Gorilas, um Gorila de Cada Vez


Entre as várias organizações que desempenham um trabalho fantástico e quase milagroso pelos animais, é impossível não destacar os Gorilla Doctors.
Trata-se de uma equipa internacional de veterinários com um objetivo simples, mas nem por isso fácil: salvar o gorila-das-montanhas e o gorila-de-grauer da extinção.
Um gorila de cada vez, como referem na página oficial.
A equipa leva os cuidados médicos necessários aos gorilas que habitam parques nacionais em Ruanda, Uganda e República Democrática do Congo e ajuda a resgatar os bebés que ficaram órfãos por causa de caçadores furtivos e traficantes.
Gorilla Doctors
Gorila órfão num santuário em Ruanda
Fotografia: Molly Feltner / Gorilla Doctors / Barcroft Media
O gorila-das-montanhas (Gorilla beringei beringei) está limitado a 880 gorilas na natureza, mas se a situação parece má, na verdade já foi muito pior. Em 1981, estimava-se a existência de apenas 254 gorilas.
A situação da espécie continua classificada pela IUCN como em perigo critico de extinção.
Quanto ao gorila-de-grauer (Gorilla beringei graueri), a população desceu de cerca de 17 mil gorilas na década de 1990 para cerca de 5 mil gorilas em estimativas mais recentes. A guerra civil no Congo, a que se juntaram a desflorestação e mineração ilegal, contribuíram todos para esta queda.
A IUCN classifica estes gorilas como em perigo de extinção.
Gorilla Doctors
Auscultação da gorila Ndakasi pela Drª Jessica Magenwirth
Fotografia: Marcus Westberg / Barcroft Media
Um dos muitos perigos que os gorilas enfrentam são as doenças contagiosas que seres humanos lhes pegam. Estima-se que as doenças respiratórias de origem humana sejam responsáveis por cerca de 20% das mortes nos gorilas-das-montanhas na África central.
Gorilla Doctors
Fotografia: Marcus Westberg / Barcroft Media
Os contágios são agravados pela situação instável e conflituosa que se vive no Congo. Por vezes a equipa não se consegue aproximar dos animais – ou necessitam de acompanhamento militar da Organização das Nações Unidas – uma vez que as facções rebeldes invadem e instalam-se no habitat natural dos gorilas.
Gorilla Doctors
Dois gorilas bebés descansam ao colo da mamã gorila, no Congo
Fotografia: Molly Feltner / Gorilla Doctors / Barcroft Media
Os habitantes locais, afetados pela pobreza, procuram as florestas habitadas pelos gorilas e muitos outros animais a fim de obter recursos: como água, madeira e carne de animais selvagens.
Os gorilas e outros animais selvagens, são também vítimas de caçadores furtivos e traficantes de animais exóticos. Muitos gorilas ficam órfãos em resultado destes ataques, sendo acolhidos sempre que possível em dois santuários dedicados a animais órfãos.
Gorilla Doctors
Dr. Eddy Kambale com dois gorilas órfãos, Baraka e Isangi, no Senkwekwe Center
Fotografia: Gorilla Doctors
Cuidar de um gorila órfão é uma tarefa que requer treino, conhecimento e paciência: é preciso saber imitar as vocalizações dos animais, saber como pegar neles ao colo para os acalmar e como os encorajar a comer.
Tarefa dificil, perante animais que estão assustados, stressados e traumatizados, por aquilo que passaram e numa casa que não é a sua.
Para conquistar a confiança dos pequenos órfãos, os tratadores até dormem ao pé deles. Claro que depois de conquistada a confiança, começa a brincadeira.
Gorilla Doctors
Fotografia: Gorilla Doctors
Muita brincadeira mesmo. Crianças são crianças!
Gorilla Doctors
Dr. Noel e a pequena gorila Ihirwe
Fotografia: Gorilla Doctors
Mas também há momentos de ternura, carinho e partilha. Os olhares não enganam.
Gorilla Doctors
Ihirwe com o seu tratador
Fotografia: Gorilla Doctors
Gorilla Doctors
Ihirwe com o seu tratador
Fotografia: Gorilla Doctors
Gorilla Doctors
Drª Dawn Zimmerman com a pequena gorila Baraka
Fotografia: LuAnne Cadd / Virunga National Park
Gorilla Doctors
Dr. Martin Kabuyaya com o bebé gorila Isangi
Fotografia: Molly Feltner / Gorilla Doctors / Barcroft Media
Gorilla Doctors
Fotografia: Molly Feltner / Gorilla Doctors / Barcroft Media
Saiba como ajudar os Gorilla Doctors, seja através de donativos ou da adoção de um gorila – tornando-se no seu guardião – através do site oficial do projeto. Acompanhe também este fantástico trabalho no Facebook.

Fonte:http://www.mundodosanimais.pt/ajuda-animal/salvar-gorilas/

Gorilla Doctors

Postagens mais visitadas deste blog

XINGU : O PARQUE NACIONAL INDÍGENA DO XINGU

JARDIM VERTICAL : PAREDES VIVAS,COMO SOLUÇÃO PARA OS TEMPOS MODERNOS

PLANTAS COMPANHEIRAS E PLANTAS ANTAGÔNICAS : ALELOPATIA