O GRANDE ESPÍRITO DE GAIA - FENÔMENOS FÍSICOS E CLIMÁTICOS TENDEM A AUMENTAR

O GRANDE ESPÍRITO DE GAIA-

Fenômenos físicos e climáticos tendem a aumentar

Para a maioria de nós, parece que as mudanças da Terra estão aumentando, tanto em frequência quanto em magnitude. Ela nos diz que nosso interesse nas mudanças referentes  nos faz sentir assim, e que nossas novas tecnologias hoje em dia, permitem que um número muito maior de pessoas compartilhem pensamentos semelhantes em momentos semelhantes. Gaia continua dizendo que isto começará a trabalhar a nosso favor logo que nos alinharmos com os tipos de coisas que queremos mudar, ao invés da mudança que achamos que está afetando nossa espécie.A Terra está sempre mudando – dia e noite, noite e dia, cada mudança levando a outra, há milênios. Há muito tempo, a Terra havia mudado o bastante para receber e apoiar a vida humana. Agora, conforme ela continua a evoluir, a Terra poderá apoiar o futuro da humanidade em expansão, que inclui muito mais do que a simples necessidade de sobreviver. Todos sabemos que a vida pode e deve ser vivida. Para isso, teremos que mudar junto com a Terra – incluindo e subtraindo aqui, multiplicando e dividindo ali, até chegarmos à fórmula correta. É disso que trata o tempo atual e não há nada de errado com a Terra, nem conosco.A mudança sempre foi muito difícil para a humanidade; nós desejamos para outras pessoas, lugares e coisas, mas  rejeitamos em nós mesmos até que não tenhamos mais escolha e aí declaramos que não somos livres para escolher.. As mudanças que estão acontecendo agora não deveriam nos surpreender, pois sabíamos delas nesta vida e em outras. O assunto das mudanças relativas à Terra tem sido discutido, teorizado, avaliado, profetizado, explicado científicamente, etc. Agora, conforme  começamos a nos adaptar e ajustar, veremos que somos capazes de viver de muitas formas e condições diferentes. É hora de nos aclimatar (literalmente) a novos e mutantes pensamentos, ambientes, etc. Os próximos anos vão introduzir novos conceitos e técnicas em várias áreas da vida, incluindo novas maneiras de lidar com situações e eventos ordinários e extraordinários. Habilidades telepáticas naturais, que estavam latentes e adormecidas no ser humano, vão reemergir nas gerações mais jovens e naqueles que escolherem participar. A transição poderá exigir uma forma radicalmente diferente de pensar, e uma pequena porcentagem da população atual vai advogar contra ela. A mudança nem sempre parece evolução, e evoluções às vezes parecem muito com mudança.


UMA MUDANÇA DRÁSTICA NO ECOSSISTEMA-DADOS CIENTÍFICOS
Nos últimos 100 anos, as temperaturas globais tem aumentado de 0,74°C em média. Esta mudança parece mínima, mas está acontecendo muito rápidamente – mais da metade desde 1979, de acordo com o Painel Intergovernamental de Mudança Climática.Apesar de ainda ser difícil determinar o papel das mudanças climáticas sobre qualquer evento meteorológico, as mudanças estão, sem dúvida, acontecendo. Veja aqui como o planeta, as pessoas e outros seres vivos estão respondendo ao aquecimento global:
1-Mais espécies móveis
Espécies estão se dispersando de seus habitas nativos  a uma taxa sem precedentes: 17,6 km por década, em direção aos polos.Áreas onde a temperatura está aumentando mais têm as maiores dispersões de espécies nativas.

2-Afetando ursos polares
Filhotes de ursos polares estão sofrendo para nadar  distâncias cada vez maiores em busca de icebergs estáveis, de acordo com um estudo de 2011.A rápida perda de gelo ártico está forçando os ursos a nadarem às vezes até mais de 12 dias de cada vez. Os filhotes de ursos adultos que tem que nadar mais de 48 quilômetros têm uma taxa de mortalidade de 45%, comparados com 18% dos filhotes que têm que nadar distâncias menores.
3-Mudanças genéticas
Até mesmo as moscas das frutas estão sentindo o calor. De acordo com um estudo de 2006, os padrões genéticos das moscas das frutas normalmente encontradas em latitudes mais quentes estão começando a aparecer com maior frequência em latitudes maiores.De acordo com a pesquisa, os padrões genéticos da Drosophila subobscura, uma mosca das frutas comum, estão mudando de forma que as populações estão parecendo um grau mais próximas do equador do que realmente estão.Em outras palavras, os genótipos estão se deslocando de forma que uma mosca no hemisfério norte tem um genoma que se parece mais com uma mosca de 120 a 161 quilômetros mais ao sul.
4-Mudanças em regiões altas
Uma diminuição na queda de neve no topo das montanhas está permitindo aos alces se alimentarem em locais mais elevados no inverno todo, contribuindo para um declínio nas plantas sazonais.Os alces têm destruídos árvores como os carvalhos silvestres e faias, o que leva a um declínio nas aves canoras, que dependem destas árvores para habitat.

5-Alteração nas estações de acasalamento
Conforme as temperaturas se alteram, os pinguins estão mudando suas estações de acasalamento também. Um estudo em março de 2012 descobriu que os pinguins gentoo estão se  adaptando mais rápidamente a um clima mais aquecido, por que eles não são tão dependentes do gelo marinho para acasalamento como outras espécies.E não são só os pinguins que parecem estar respondendo às mudanças climáticas. Abrigos de animais nos EUA notaram um aumento no número de gatos e filhotes, devidos a estações de acasalamento mais longas para os felinos.
6-Movendo os exércitos para o norte
Conforme o gelo ártico se abre, o mundo se volta para os recursos da região. De acordo com o U.S. Geological Survey, 30% do gás natural ainda não descoberto e 13% das reservas de óleo não descoberto mundiais estão no Ártico.O resultado direto é que as ações militares na região estão esquentando, com os Estados Unidos, Rússia, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Suécia e Canadá mantendo conferências sobre a segurança regional e problemas de fronteira.Várias nações, incluindo o EUA, estão também fazendo exercícios militares no extremo norte, preparando-se para um aumento nas atividades de controle de fronteira e resposta a um desastre, em um Ártico mais agitado.

OS IMPACTOS SOBRE UMA MUDANÇA CLIMÁTICA EM NOSSAS VIDAS
1-A vida ficaria confusa
As mudanças climáticas promovidas pelo agravamento do aquecimento global podem, e provávelmente vão, causar uma confusão gigantesca na organização dos ecossistemas. Várias espécies vão perder seus habitats naturais, muitas delas serão extintas. Muito lugares ficarão alagados e outros irão padecer com a seca – o que nos leva ao segundo efeito assustador do aquecimento global.
2-Redistribuição mundial de fornecimento de água e colheita
“Redistribuição”, na verdade, é um termo bem generoso. Não é bem assim. O que vai acontecer é que nossos alimentos básicos não terão as condições necessárias para crescer e, portanto, faltará alimento. Então,  poderemos questionar, comeremos os animais(?) para sobreviver(?) haveria um retrocesso na raça, como os homens das cavernas(?). Mas, se os animais não tiverem o que comer, logo eles serão extintos também. Ninguém se reproduz com fome. Aliás, bem pelo contrário. As espécies morrem quando estão com fome. O mesmo, teóricamente, aconteceria conosco, seres humanos.
3-Espécies serão extintas pelo derretimento do gelo polar
As calotas polares vão derreter, como já estão fazendo. Só que vão derreter de verdade, provocando a extinção, não apenas dos animais que vivem no gelo, como também a de animais que vivem em áreas que serão alagadas por todo esse gelo que vai virar água. E, claro, populações inteiras que vivem na costa do mar, ou bem perto dela, também podem começar a se despedir. As Filipinas, a Indonésia e até a rica cidade de Nova York estão entre as regiões ameaçadas.
4-Acidificação dos oceanos
Não que seja possível classificar os efeitos do agravamento do aquecimento global em uma escala de “menos pior” para “muito pior”. Mas, a acidificação dos oceanos com certeza estaria em um lugar perto do topo da lista. Isso porque, com o aumento da temperatura do nosso planeta, uma mudança no pH da água é esperada, que por sua vez acaba matando diversas espécies e inclusive tem potencial para acabar com toda a vida marinha. É algo como matar o mar.
5-A Circulação Termoalina seria interrompida
A Circulação Termoalina é a circulação oceânica global, movida pela diferença de densidade entre as águas dos oceanos. Com o agravamento do aquecimento global, essa diferença de densidade pode não ser suficiente para dar força a essa circulação, que pode parar. Com isso, todo o clima do mundo iria mudar. Não sabemos exatamente como, mas coisa boa certamente não seria. O que é mais provável é que as águas do oceano fiquem estagnadas, o que provocaria uma extinção em massa das espécies marinhas. Sem oxigênio, nas águas haveria uma proliferação de bactérias anaeróbias que produzem sulfeto de hidrogênio em grande escala.

OBSERVE O GRÁFICO ABAIXO;
A maioria dos gráficos que retrata a temperatura crescente do planeta apenas mostra uma barra, indicando a média ao longo dos anos. Nesta animação, no entanto, vemos os recordes mensais de cada ano sobrepostos uns aos outros, com uma nova série temporal em cada quadro. A linha pontilhada que representa a média do ano também se move a cada ano, enquanto os registros antigos desaparecem no fundo.O gráfico indica variações de -1° F, -0,5° F, 0,5° F, 1° F e 1,5° F. Além disso, entre o -0,5° F e o 0,5° F, aponta a média de temperatura no século XX.O que ele representa? Tanto uma visualização de dados clara quando a verdade terrível de que nosso planeta está ficando cada vez mais quente. Treze dos quatorze anos mais quentes já registrados aconteceram no século XXI – e parece improvável que esta estatística melhore nos próximos anos, se não agirmos se forma dura e rápida.
Fonte;iflscience/New ScientistGizmodoScience Daily
Post relacionado;atual-entrada-de-ondas-de-energias-intergalacticas-previstas-em-1953
NOVO RELATÓRIO ADVERTE
O texto adverte que os efeitos das emissões humanas de gases do efeito estufa já estão sendo sentidos. As consequências podem ser terríveis, e estamos ficando sem tempo para efetivamente fazer algo sobre isso.
“A evidência é esmagadora: níveis de gases de efeito estufa na atmosfera estão aumentando. As temperaturas estão subindo. Primaveras estão chegando mais cedo. Os mantos de gelo estão derretendo. O nível do mar está subindo. Os padrões de chuvas e secas estão mudando. As ondas de calor estão piorando, assim como as precipitações extremas. Os oceanos estão acidificando”, diz o relatório.Em certo sentido, ele não contém nenhuma nova ciência. Tudo que é dito nele, nós já sabíamos há algum tempo.A linguagem do relatório, chamado “What we know” ( “O que sabemos”), é muito mais clara e acessível do que talvez qualquer outra coisa que a comunidade científica já tenha escrito sobre o fenômeno até hoje.O grupo responsável por ele, com uma adesão de 121.200 cientistas e simpatizantes da ciência ao redor do globo, planeja uma ampla campanha de divulgação para colocar mais informações precisas em uma linguagem simples disponíveis para todo o mundo.Isso porque os cientistas querem corrigir a confusão pública, em parte criada por eles mesmos, sobre esta questão.Pesquisas mostram que a maioria das pessoas estão pelo menos um pouco preocupadas com o aquecimento global. Mas as pessoas geralmente não entendem que o problema é urgente – que o destino das gerações futuras (não necessáriamente tão longes no futuro) estão sendo determinadas pelos níveis de emissão de gases agora.Além disso, o cidadão comum tende a pensar que há mais debate científico sobre os conceitos básicos do fenômeno do que realmente existe – o relatório enfatiza que os especialistas chegaram a um consenso;cerca de 97% dos cientistas acham que a mudança climática causada pelo homem está acontecendo.
Cientista afirma em entrevista à Globo News que o campo magnético no Atlântico Sul já está invertido
Enquanto nos canais abertos da TV mentem descaradamente afirmando que o Brasil está blindado à tempestade solar, no canal fechado Globo News, a mensagem é bem diferente.
“Você me disse que o campo magnético da Terra está diminuindo a taxa de 10% em 150 anos, o que é um piscar de olhos em termos de existência da Terra. O que você teme?…”
(A partir do minuto 19:)
“…e no Oceano Atlântico perto do litoral brasileiro está a anomalia que mais intriga os pesquisadores.Se voce projetar para o interior, para a fonte, esta parte já está invertida. Então há uma larga faixa no Atlântico Sul que tem o campo magnético oposto ao que esperaríamos se os padrões fossem simples.”
Clique no link abaixo para assistir ( +/- aos 10 min)http://globotv.globo.com/globo-news/globo-news-ciencia-e-tecnologia…
PODEMOS REALMENTE MUDAR A ENERGIA DA TERRA?-por Jennifer Hoffman
“Não importa quão pouco achemos que estamos realizando, não podemos julgar nosso nível de sucesso pelo que vemos ou não acontecer no mundo, em qualquer momento, porque o nosso trabalho se reflete em muitos níveis diferentes e a mudança pode significar muitas coisas diferentes.Esse trabalho começa com a introdução de novos níveis de energia para o mundo, como potenciais ou opções, o que então se integra com os paradigmas energéticos do mundo, à medida que as pessoas se alinham cada vez mais com eles. Se você quiser ver como esse trabalho é realmente bem sucedido, considere sobre o que as pessoas protestam ou sobre o que falam contra, atualmente, que é aí que a mudança está ocorrendo.
Mudar a energia do mundo não pode violar o livre arbítrio ou a soberania do planeta e dos seus habitantes, plantas, animais e humanos. Não há poder no universo que possa obrigar qualquer um de nós a fazer algo, nem há qualquer energia poderosa o bastante para impor sua vontade sobre nós.Podemos ser coagidos, tentados, iludidos ou cegados por diferentes tipos e níveis de energia, mas tudo o que acontece reflete nossa escolha individual ou coletiva, consciente ou inconsciente. O que é importante não é quando a mudança ocorre, mas quanto dessas novas energias está integrado ao paradigma da 3D, porque é isso o que nos obriga a mudar de forma permanente.
Quando o paradigma da 3D está saturado com suficiente energia de vibração superior, ele deve se alterar e isso acontecerá de forma progressiva, mas perceptível. Se a mudança é forçada, não é um processo de integração e alinhamento, e o efeito é de curta duração. Porque não é amplamente acolhida, há pouco alinhamento ou a integração e a mudança não dura. Algumas das mudanças que ocorrem são aquelas que não podem ser percebidas pelos sentidos, visto serem mudanças no conhecimento ou na compreensão, que refletem um desejo mais profundo para uma vida mais alegre, pacífica e alinhada.

O desejo de mais conexão e amor no mundo, acontece quando o paradigma de desconexão da 3D se inunda com a energia da 5D, o que torna a desconexão perceptível e não mais atraente, enquanto também proporciona uma opção ou caminho energético diferentes.O desejo de paz ocorre quando os paradigmas da discórdia e do caos da 3D se inundam com a energia da 5D, o que obriga as pessoas a quererem paz e amor, e, porque elas querem e estão buscando isso, elas estão muito mais dispostas a alinhar-se e a integrar-se com essa energia. Não se pode forçá-las ou o mundo, mas se pode introduzir de um modo suave e amoroso, de forma que as pessoas possam acolhê-la e liberar seus apegos às energias que não estão alinhadas com essas opções superiores.A mudança está ocorrendo na Terra e nos corações e mentes da humanidade, a cada momento do dia. Embora possa não estar acontecendo tão rápidamente quanto você espera, não permita que os seus julgamentos do que os resultados deveriam parecer criem outra barreira para eles, porque esses julgamentos apenas servirão para limitar as mudanças da manifestação.Em vez disso, continue a concentrar-se na mudança, que você deseja produzir em sua vida, e à medida que você vê os seus resultados se manifestarem, a energia dessa transformação é compartilhada com o mundo para integrar e alinhar-se.Assim como você não vê o crescimento da planta ou da árvore de minuto a minuto, você está ciente das mudanças feitas, ao observar suas novas folhas ou botões que estão se formando o tempo todo. Você apenas não as vê até que surjam. Todavia, você sabe que, um dia, uma roseira produzirá flores, ou uma árvore produzirá folhas, em um processo que parece ocorrer durante a noite.Do mesmo jeito, vocês precisam saber que o seu trabalho é importante e que vai produzir uma mudança no mundo – ele já produz e continuará a fazê-lo, desde que vocês não julgue a velocidade ou o tempo dessas mudanças e pense que, porque não pode ‘vê-las’, que não estão acontecendo”.
Fonte;www.enlighteninglife.com
 

O REPLANEJAMENTO DA NOVA FORMA DE VIDA DA NOVA TERRA-por James Tyberonn
A humanidade exige novos recursos, com os quais construir cidades, que estão sendo planejadas agora mesmo pelos cientistas visionários. Aqueles que atualmente controlam e alocam recursos, não o fazem igualitáriamente, de modo justo ou pensando num futuro que está se desenrolando de forma diferente do passado. Se fosse para as coisas continuarem iguais, a Terra não alimentaria seus pobres ou sustentaria os sedentos; portanto, a Terra tem que mudar sua capacidade de disponibilizar os recursos, o que significa que ela também irá realocar alguns desses recursos em outros lugares. Embora isto esteja de acordo com as leis e princípios dos planetas que sustentam várias formas de vida, às vezes também pode parecer uma “revolta” por parte de Gaia.A Terra é sempre dinâmica. Vocês devem entender que o equilíbrio do planeta vivo é um processo “natural” contínuo. A mudança visando o equilíbrio, que sempre ocorreu e continua a ocorrer, é necessária, é um processo em andamento. Do mesmo modo que o corpo físico humano e o corpo áurico fazem ajustes necessários de acordo com experiências e forças externas e internas, assim também o corpo de GAIA faz mudanças para se equilibrar.Muitos seres humanos sentem que o fenômeno do aquecimento global deve ser temido e detido. Este não é o caso. O derretimento das calotas polares é muito apropriado; é necessário. O aquecimento global traz a própria evolução e vai continuar para além de 2012. O planeta recebe as energias do sol, derretendo as calotas de gelo e, de certo modo, liberando o que foi codificado dentro dos cristais de água, removendo velhos padrões.Os novos códigos que são recebidos viajam junto com as águas viventes e assim influenciam todos os campos de energia da Terra, ligando e ativando tudo que os toca também. Deste modo, a evolução planetária e humana, assim como a consciência, começa a avançar mais rápidamente.Portanto, embora o trabalho necessário para permitir a mudança terminou em 2012, a expansão ocorrerá bem além. O trabalho programado para formatar a Nova Terra e a humanidade nos próximos 300 anos começou em 2013. O próximo estágio é a formação e formatação do Novo Firmamento que será concluído em 2038.2013 foi o começo e não o fim. E neste novo começo, as mudanças planetárias (incluindo o aquecimento global) vão realmente continuar.As calotas de gelo que estão se derretendo estão se somando ao nível dos mares e isto continuará acontecendo. As geleiras e calotas polares serviam para refletir a luz do sol e reduzir a absorção do calor pelo planeta. Com a diminuição destas, as temperaturas crescem.Entretanto, este não é o motivo principal do aquecimento… embora nossos cientistas/ acadêmicos naturalmente lhes atribuam a causa do aquecimento global, para se ajustarem ao âmbito de nossa própria compreensão.A humanidade está ciente das mudanças em curso no planeta. Mudanças dinâmicas estão ocorrendo regularmente e têm se “acelerado” nas últimas duas décadas. No entanto, poucos estão em paz com isso. Desejamos voltar a enfatizar algo que é fundamental que entendam: essas metástases não são apenas apropriadas, mas mecanismos necessários para permitir que a Terra e a humanidade liberem a “velha energia” e se elevem em direção à nova.

Esses furacões e terremotos são destinados a limpar, clarear e elevar as vibrações do planeta, do mesmo modo que outras ocorrências terrestres dinâmicas, que geralmente são mal entendidas. Por isso, lhes pedimos que reconheçam que o atual aumento da atividade de terremotos, tsunamis, aquecimento global e superfuracões não deve ser temido nem detido. Este não é o caso.Na verdade, estes acontecimentos são muito necessários para a evolução. A evolução que  chamamos de Ascensão Planetária simplesmente não pode se manifestar nas “velhas” frequências. E nós realmente entendemos que liberar o “medo” não é fácil, pois é uma reação natural profundamente enraizada nos nossos instintos de sobrevivência.As depurações provocadas pelos furacões, terremotos e afins influenciam diretamente e afetam poderosamente os campos conscientes de energia da Terra vivente. Esses eventos liberam energia presa dentro dos pontos nodais do planeta, recodificando e realinhando tudo o que toca a Terra também. Deste modo uma nova consciência, uma Nova Terra começa a avançar.Todavia o medo ainda persiste, e isto é natural e de fato compreensível. Mesmo aqueles que vivem nas chamadas “áreas seguras”, que não são diretamente afetados por eles, estão subconscientemente bem cientes dos cataclismos globais anteriores, que inundaram Atlântida, Lemuria e outros.Por quatro vezes a existência humana foi práticamente removida do planeta. Por isto, o medo catastrofóbico que está no nosso DNA, de que os tremores de terra, o aquecimento planetário, as erupções vulcânicas, as tempestades e o potencial das mudanças magnéticas provoquem mais uma “reinicialização” – um cataclismo global que erradique a vida, como nós a conhecemos.A reinicialização vai ocorrer, de fato, mas lhes dizemos que desta vez será uma mudança mais gradual, dependendo, de certa forma, da reação em massa da humanidade(aumento da consciência ).Então repetimos que, de fato, a “Medição do Coeficiente de Luz” da humanidade e sua própria escolha determinarão que NÃO haja um grande cataclismo global, uma destruição maciça em nível mundial. A limpeza ocorrerá em ajustes pequenos e localizados, e a humanidade realmente avançará agora e passará para o nível seguinte. As mudanças que permitirão a limpeza vão e precisam continuar ocorrendo, e se as massas fossem devidamente educadas e abertas à postura(despertadas) e visão voltadas ao Bem Maior, tais mudanças apropriadas poderiam ser feitas muito mais fácilmente e mais cedo.
Fonte: http://www.earth-keeper.com

Posts relacionados;transicao-planetaria-as-oportunidades-e-padroes-de-energia-cuidados-fisicosemocionaisnutricao-e-mudancasa-abertura-aos-sentidos-superiores-experiencias-no-caminho-da-ascencao


Diz uma antiga fábula que um camundongo vivia angustiado com medo do gato.
Um mágico teve pena dele e o transformou em gato. Mas aí ele ficou com medo de cão, por isso o mágico o transformou em pantera.
Então ele começou a temer os caçadores.
A essa altura o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo novamente e disse:
— Nada que eu faça por você vai ajudá-lo, porque você tem apenas a coragem de um camundongo. É preciso coragem para romper com o projeto que nos é imposto. Mas saiba que coragem não é a ausência do medo, é sim a capacidade de avançar, apesar do medo; caminhar para frente; e enfrentar as adversidades, vencendo os medos…
É isto que devemos fazer. Não podemos nos derrotar, nos entregar por causa dos medos.
Senão, jamais chegaremos aos lugares que tanto almejamos em nossas vidas…
***********************************************************************************************************
CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG
Muitos são aqueles que desejam “salvar o planeta”. Então, qual é a natureza do relacionamento do homem com o planeta vivente? Seria melhor, se os relacionamentos fossem sincrônicos e se houvesse a consciência de que agora pode haver um diálogo verdadeiramente harmônico entre a Terra e a humanidade, COM O AUMENTO DA CONSCIÊNCIA E O DESBLOQUEIO E LIBERTAÇÃO DO SISTEMA.Aqueles entre nós que, em outras vidas, foram Guardiões da Terra, indígenas, Druidas,sacerdotes do Atla-Ra, devem assumir a liderança de tal comunicação. De fato, muitos de nós, estão aqui agora específicamente para sustentar a energia desses diálogos  sobre todos esses assuntos que  estão ocorrendo.O problema, para muitos  que estão bem intencionados, é que eles não estão “afinados”, não têm um coeficiente de Luz suficientemente alto para aceitar o verdadeiro paradigma da natureza da realidade. E assim, embora desejem ajudar, eles realmente não sabem como. Acreditam que é apropriado prevenir a mudança ou transferi-la para algum outro lugar; “melhor lá do que aqui”. Nem todos que desejam ajudar compreendem verdadeiramente o Bem Maior, o propósito superior desses eventos que chamamos de furacões, erupções vulcânicas, terremotos , tsunamis e aquecimento global.Então geralmente reagem com medo á esses eventos e desejam se libertar da ansiedade. Mas, dissolver o medo não é o mesmo que entender o medo, e assim a maior parte da humanidade transmuta e realmente, recria-o. Dissolver ou dissipar eventos de mudança não é necessariamente benéfico, nem para a Terra nem para a humanidade.O problema com os que desejam ajudar é que eles são mais acadêmicos em seu entendimento e acham que sabem mais. Eles omitem o divino, omitem a integridade do que chamam de espírito. Eles não entendem nem enxergam a perfeição no que acontece, porque quem tem mentalidade ou visão estreita tem grande dificuldade para perceber que tudo está em perfeita ordem.Então,metafóricamente, eles não” lubrificam” a roda que está rangendo, preferindo bloquear os dentes da engrenagem que, deste modo, pára e fica travada. E assim, fica muito mais difícil girar as rodas da transição. O medo e a ignorância são os grandes responsáveis pela mentalidade estreita.Desta forma, uma energia de consciência de massa de interferência emocional humana pode se tornar tão enorme, que acaba tocando e afetando, de algum modo, o curso natural dos acontecimentos. O engrandecimento dramático que certas mídias fazem das ocorrências meteorológicas no planeta, remodelam as notícias e pesquisas, de certo modo, para que se transforme em oportunidade de sensacionalismo que capture a atenção do espectador e isto é feito de um jeito que exacerba o medo e o drama.Agora, o maior mecanismo destas distribuições energéticas e frequenciais que estão descendo ao planeta é o que chamamos de “pontos de força”. Como já foi mencionado em outros posts, os pontos de força de sobreposição geométrica estão entre os maiores deles. É a cristalização, a matriz sagrada geométrica, que recebe, refina e também distribui esses harmônicos energéticos. Este sistema planetário de nós, de locais sagrados, pontos de grade e pontos de força está profundamente envolvido no processo de Ascensão. Tanto para o planeta quanto para a humanidade.
A Terra é uma presença onipotente.
A Terra não pode ser destruída.Quer nós aceitemos ou não, nada pode ser tirado da Terra sem que ela o permita. O homem não pode destruir a Terra, pode apenas destruir sua própria capacidade de viver nela. 
A Terra era tão consciente,  quando era uma esfera de lava incandescente, quanto é agora. As mudanças que estão chegando foram combinadas e aceitas por Gaia, pela Consciência Superior da humanidade e, a um alto grau, foram orquestradas pela senciência da Terra, do Sol e da Fonte.
EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

**************************************************************************************************************

Bibliografia para consulta
Ascenção Cósmica
James Tyberonn
Mudanças Climáticas-Premissas e previões futuras
Demetrius Henrique Cardoso de Almeida
Manual completo da Ascenção Cósmica
Dr Joshua David Stone
Gaia-Um novo olhar sobre a vida na Terra
James Lovelock
Gaia-Alerta Final-
James Lovelock
Gaia-O Planeta Vivo
José Lutzenbergen
Mudança Climática e Voce
Genebaldo Freire Dias
Gaia-Cura para um planeta doente
James Lovelock
Nota:  Biblioteca Virtual
Divulgação: A Luz é Invencível

Postagens mais visitadas deste blog

XINGU : O PARQUE NACIONAL INDÍGENA DO XINGU

JARDIM VERTICAL : PAREDES VIVAS,COMO SOLUÇÃO PARA OS TEMPOS MODERNOS

PLANTAS COMPANHEIRAS E PLANTAS ANTAGÔNICAS : ALELOPATIA