SHUNBUN NO HI - EQUINÓCIO DA PRIMAVERA NO JAPÃO

Shunbun no Hi – Equinócio da Primavera no Japão

Shunbun no Hi – Equinócio da Primavera no Japão
20 de março é o Dia do Equinócio da Primavera ou Shunbun no Hi (春分の日) no Japão. Este feriado nacional foi criado em 1948 com o intuito de marcar o início da nova estação e o fim do inverno. É o dia destinado também para louvar a natureza, o desabrochar das flores e valorizar os animais. Serve também como um aviso de que o Hanami, Festival do Sakurá (Flores da Cerejeira) está próximo.

O feriado nem sempre ocorre na mesma data. Varia entre o dia 20 ou 21, dependendo se o ano for bissexto. O equinócio da Primavera na verdade consiste em três dias antes e depois, formando um período de sete dias, chamado de “Higan”, que significa “outro lado” e também significa a transição de uma estação para outra.


A Primavera é visto como um tempo de renovação, crescimento, de vida nova. O termo também é usado mais geralmente como uma metáfora para o início de tempos melhores. A palavra “equinócio” deriva do latim e significa “igual noite”, se referindo ao momento em que o Sol cruza o equador. Nessas ocasiões, dia e noite possuem o comprimento praticamente igual em todo o Mundo.

Costumes e rituais do Shunbun no Hi

Um costume durante esse feriado é as famílias japonesas irem visitar os túmulos dos entes queridos. Como não podia deixar de ser, o Sakurá é o grande símbolo da Primavera no Japão e muitos comparam suas pétalas com a vida de um samurai, que na maioria das vezes é tão efêmera como a sua floração, representando a brevidade e a fragilidade da existência da vida humana.

Hanami – お花見 (Observação das flores) é um momento muito esperado pelo povo japonês e geralmente ocorre no final de março, abril até meados de Maio, sendo uma das maiores comemorações do país, onde as pessoas se reúnem em Parques ou Santuários e fazem piquenique sob as cerejeiras, ao mesmo tempo que contemplam a sua beleza.

Comidas típicas do Shunbun no Hi

Algumas comidas típicas são consumidas nessa ocasião, como o “Dango” ou “Sanshouku dango“, uma especialidade feita com farinha e xarope de arroz. Outros alimentos do Shunbun no Hi são osWagashis temáticos, o Mochi Sakura, ou Haru Mochi, feito de pasta de feijão vermelho envolvido em uma folha da cerejeira.

Tem ainda o Botamochi (Ohagi), um bolinho de arroz doce amassada envolvido com pasta de feijão azuki doce, o Yomogi mochi (kusamochi), um bolinho de arroz com ervas, muitas vezes enrolado em uma folha de Yomogi, entre outros alimentos, que servem não só para comer durante o Hanami, como também para levar ao cemitério como oferendas aos mortos.

Origem do Shunbun no Hi

Essa celebração ocorre desde o século VII e era originalmente um ritual religioso, onde as pessoas acreditavam existir deuses habitando dentro dos troncos das árvores do Sakurá e pediam a eles boas colheitas e sorte nos negócios.

Antigamente também, as pessoas diziam conseguir prever se as safras das colheitas seriam boas, só de olhar a floração das flores. Hoje em dia, o feriado é de total descontração e um ótimo dia para relaxar, repor as energias e rever a família e amigos que há muito tempo não se vê, além de apreciar as belas flores do Sakurá.
Muito bonita e interessante conhecer sobre o Shunbun no Hi não acha? Realmente uma data muito especial para o coração dos japoneses, além de ser a estação mais esperada do ano, não só pelas flores, mas como também pelo clima ameno dessa estação. Se gostou desse artigo, não deixe de compartilhar!
Fonte:http://www.japaoemfoco.com/shunbun-no-hi-equinocio-da-primavera-no-japao/

Postagens mais visitadas deste blog

XINGU : O PARQUE NACIONAL INDÍGENA DO XINGU

JARDIM VERTICAL : PAREDES VIVAS,COMO SOLUÇÃO PARA OS TEMPOS MODERNOS

PLANTAS COMPANHEIRAS E PLANTAS ANTAGÔNICAS : ALELOPATIA